Governo Bolsonaro recua e não vai mais pagar R$ 400 do Auxílio Brasil

Publicado em 27 de outubro de 2021 - 14:34h

Governo pode voltar atrás no valor da mensalidade de R$ 400 do Auxílio Brasil. É o que garantem fontes internas ao informarem que a primeira rodada do novo Bolsa Família deverá ser de R$ 230. O principal motivo é a necessidade de reajuste para se enquadrar nas contas da União. Entenda os detalhes. As informações são do Portal Terra.

concessão do Auxílio Brasil permanece como pauta central da imprensa brasileira. Diariamente são anunciadas mudanças na liberação do projeto de modo que deixe a população insegura quanto a contemplação. O ultimo informe diz que o valor de R$ 400 será reduzido em novembro.

Quanto custa a primeira mensalidade do Auxílio Brasil?

Ainda enquanto o governo não determina os limites orçamentários do projeto, a previsão é de que a primeira mensalidade, paga em novembro, seja de aproximadamente R$ 230. O valor ficará abaixo da média de R$ 400 prometida pelo presidente Jair Bolsonaro.

A justificativa para tal corte é justamente a necessidade de entender como o novo programa será custeado sem ultrapassar o teto de gastos imposto pelo Congresso Nacional. Com cerca de 17 milhões de beneficiários, o Auxílio Brasil precisará de ao menos R$ 50 bilhões para sua manutenção.

valor de R$ 400 prometido pelo presidente só deverá passar a ser liberado a partir de janeiro de 2022. Isso porque para o próximo ano ainda há a possibilidade de reajustar a lei de diretrizes orçamentárias, enquanto a de 2021 já foi validada.

Quem terá direito de receber o Auxílio Brasil?

De acordo com os critérios informados pelo Ministério da Cidadania, para ter acesso ao abono é preciso:

  • Ter renda familiar per capita de até R$ 89; ou
  • Ter renda familiar per capita de até R$ 178 (no caso de famílias que tenham em sua composição gestantes, nutrizes, crianças e/ou adolescentes até 17 anos);
  • Estar inscrito no CadÚnico;
  • Estar com dados atualizados no CadÚnico há, pelo menos, dois anos.

Lista dos benefícios do Auxílio Brasil

  • Benefício Primeira Infância: pago às famílias com crianças entre zero e 36 meses incompletos;
  • Benefício Composição Familiar: pago às famílias com jovens até 21 anos;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: complemento financeiro para as famílias que recebem benefícios, mas que mesmo assim, a renda familiar per capita não supera a linha de pobreza extrema;
  • Bolsa de Iniciação Científica Junior: 12 parcelas mensais pagas a estudantes beneficiários do Auxílio Brasil com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas;
  • Auxílio Criança Cidadã: benefício pago aos chefes de família que consigam emprego e não encontrem vagas em creches para deixar os filhos de 0 a 48 meses;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: pago por até 36 meses aos agricultores familiares inscritos no CadÚnico;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: para beneficiários do Auxílio Brasil que comprovem que têm emprego com carteira assinada;
  • Benefício Compensatório de Transição: pago aos atuais beneficiários do Bolsa Família que perderem parte do valor recebido por conta das mudanças trazidas pelo novo programa;
  • Auxílio Esporte Escolar: destinado a estudantes entre 12 e 17 anos que sejam membros de famílias beneficiárias e que se destacarem nos Jogos Escolares Brasileiros.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
28/11/2021 03:06:35

Fone: (63) 98454-5055 Email: portalcpnoticias@gmail.com
Jornalista responsável: Dermival Pereira
Copyright®2018 - 2021 – CP Notícias Cleiton Pinheiro.

Criado por: